Follow by Email

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Acabou a festa, como acabou o ano. Muito longe deter tudo renovado nesse primeiro dia, começamos já cansados. Passamos o ano, deixamos o velho pra trás, mas viemos com nossas bagagens. Nada muda, senão essa esperança que se apega a nós de que alguma coisa será diferente daqui pra frente.

Das culpas que carregamos do que passou, poucas assumimos. É a crise, é a vida, é a sociedade e é assim. A vida é essa batalha que se dá a cada dia e cada amanhecer é uma vitória sobre o dia passado. Somos carregados pela massa, levados pela água que não controlamos e nos tornamos sobreviventes.

O que pode fazer diferença entre o ano que passou e o que começa não são as horas, nem a cor do céu ou a chuva e o sol que continuam incansavelmente os mesmos. A única coisa que pode fazer diferença de um dia para o outro, de um ano para o outro, de uma situação para outra, somos nós mesmos.

Os caminhos espinhosos do passado, devemos evitar.Não poderemos mudar as decisões que tomamos e das quais nos arrependemos, mas podemos, apesar disso, mudar o rumo das nossas prioridades, podemos mudar de idéia e assumir isso de cabeça erguida. 

Só os tolos carregam seus erros sem jamais reconhecer a falha e esses chegam ao fim da linha com os ombros pesados, vítimas da própria tolice.

Os sábios, ah, os sábios!, quem disse que nunca erraram? Nenhum homem é feito de perfeição e os sábios reconhecem isso como ninguém. Mas eles sabem consertar, restaurar, mudar de caminho, olhar para o lado onde ninguém ousa olhar e possuem dentro do peito uma determinação desconhecida aos simples mortais.

Nesse ano que começa, que haja sabedoria em seu coração! Não considere-se como mais um que erra, mas como mais um que procura acertar e ponha seu coração na busca da felicidade, mesmo que essa seja apenas uma vaga imagem muito longe de você. 

O coração transporta, leva, trás, motiva, ajuda a sobreviver. Ele acredita nos sonhos, nos mais loucos sonhos e pulsa a cada passo que damos na boa direção. 

Que nesse novo ano você dê o primeiro passo, apenas o primeiro, mas aquele fundamental para os seguintes! Se a vida não for cor-de-rosa, coloque você mesmo a sua cor preferida para transformá-la. Só você é responsável do seu destino, dos seus erros e das suas vitórias! Só você pode recomeçar e refazer e esse é o meu desejo maior nesse dia de hoje!
Leticia Thompson

Um comentário:

  1. Por mais que a realidade tente nos nocautear
    cada dia redescobrimos nossas asas e temos a certeza que somos feitos de sonhos.

    beeeijo moça

    ResponderExcluir